Peyroteo

Peyroteo, o Tanque, maior goleador da história do futebol mundial. Em ano de centenário do seu nascimento, o Sporting prestou a devida homenagem, com a reedição da sua autobiografia, e muitas outras ações. Agora, mesmo a tempo do Natal, vem esta nota – são zero euros de valor nominal, mas é uma nota verdadeira, com todas as marcas de segurança normais. E é edição limitada.

https://www.sporting.pt/peyroteo

Peyroteo-zero-euro

Zero euros Sporting Clube de Portugal

Em primeiro lugar: isto não é brincadeira. Existe mesmo. Estas notas de zero euros são autorizadas pelo Banco Central Europeu, são feitas tal qual como as notas normais, no papel de nota, com todas as marcas de segurança. São recordações, peças de coleção, e muito giras.

Em segundo lugar, isto não é uma piada sobre o momento atual do Sporting. O Empréstimo Obrigacionista correu como seria de esperar, não foi bom porque para isso teria que ter atingido os 30 M€, mas não foi uma catástrofe porque permite ao Sporting continuar o seu percurso de forma normal. Aliás, o verdebranco participou e subscreveu.

São bem giras :)

nota de zero euros Sporting Clube de Portugal 2018

Finalíssima perdida

A 30 de junho de 1979 jogámos a Final da Taça de Portugal contra o Boavista. Ficou 1-1 depois de prolongamento. Baltazar foi o único suplente que entrou, com o nº 14. No dia seguinte, 1 de julho, jogou-se a Finalíssima. Jordão substituiu Manoel ao intervalo, também com o nº 14. Perdemos 0-1.

Esta camisola é desses jogos, portanto de suplente não utilizado.

O Senhor Basquetebol

Edgar Vital é um dos Grandes do Sporting. Começou por jogar Andebol, mas como outros foi no Basquetebol que encontrou o seu grande amor. Jogador e dirigente, foi ele que esteve à frente da modalidade em 1984 e 2012. É assim uma das poucas pessoas na história do Clube que criaram ou fizeram renascer uma modalidade por duas vezes. A biografia dele está na Wiki Sporting. Foi ele quem me trouxe para o Basquete.

Faz hoje 71 anos. Mas um ano atrás, num grande almoço de homenagem pelos seus 70 anos, foi-lhe oferecida esta camisola por antigos companheiros leoninos. Agora decidiu oferecer-ma, por saber que fica em boas mãos. Obrigado!

Edgar-Vital-1966