Category Archives: Verdebranco

Camisola branca de mangas compridas 1980/81

A pedido de um amigo colecionador fui averiguar mais exatamente em que jogos teria sido usado este modelo de camisolas,  branca de mangas compridas 1980/81.

Em primeiro lugar, no início da época foi usado um modelo de mangas curtas, o qual é diferente. Foi no jogo da 8ª jornada contra o Sp. Espinho. Nesta foto não se vê muito bem, mas pronto, quem quiser arranje uma melhor :) 0Depois, fui averiguar em que jogos teria sido usado o modelo de mangas compridas. Encontrei dois e apenas dois:

- 22ª Jornada SPORTING – V. Setúbal

- 28ª Jornada SPORTING – Portimonense

E aqui estão fotos desses dois jogos:

00

 

Colecionadores

Hoje por motivos escusos, declarei o meu “credo” de colecionador a um amigo sportinguista:

1. Camisolas há muitas, amigos há poucos. Daqui vem, que só tenho uma palavra, que já cumpri mesmo em ocasiões que percebi que estava a ser enganado. Como diz o meu amigo Ivo, “Honesty and trust“.

2. É preciso saber deixar camisolas ir. Mesmo que sejam fantásticas. Mais vale perder uma hoje, do que pagar mais do que vale, e para todo o sempre os preços serão inflacionados. Mais ainda: se vale 100, e pago 200, para o mês o mesmo vendedor vai pedir 300. É preciso não passar dos 100, e se for para outro, paciência, para o mês, ano, ou década, há mais.

3. Nunca ter inveja. Gosto de ver camisolas maravilhosas nas mãos de quem as aprecia. Não gosto de as ver nas mãos de quem não é sportinguista. Mas recuso-me a invejar quem as tem, fico contente com a minha coleção, e também com a coleção dos outros colecionadores.

Cosmos

Camisola Le Coq Sportif do Sporting usada no jogo particular contra o Cosmos de 9 de junho de 1985. O número em cima do quadrado de pano tapa um número 15 original modelo LCS.

Para obter esta camisola tive que abdicar de uma camisola que provavelmente nunca voltarei a ver uma igual. É o dilema do colecionador, tal como me disse o Roxo hoje à tarde. Estou arrependido de ter ficado sem essa, mas não estou arrependido de ter esta. Que fazer?!

Le Coq Sportif do início ao fim

Estas duas camisolas Le Coq Sportif do Sporting são da primeira e última época que esse mítico fabricante esteve com o Sporting. A primeira é de 1982/83, e tem o escudo de campeão nacional. É a única LCS dessa época que conheço nas mãos de um colecionador, e foi parar merecidamente às mãos de quem merece ter uma camisola destas!

A segunda é de 1986/87, a última época da LCS com o Sporting. Também foi parar às mãos de um colecionador que a merece – eu :)

Numeração das camisolas

As camisolas nem sempre tiveram números nas costas. Quem sabe quando é que os números foram introduzidos em Portugal e porquê? Pois bem, foi em Agosto de 1948 que a Federação Portuguesa de Futebol decidiu tornar os números obrigatórios, como aliás já era usual em países como a Inglaterra ou França. Em Portugal esta decisão aconteceu dias antes do começo da época 1948/49, e apanhou os clubes de surpresa. Ora vejam!

numeração 0 numeração 1

E aqui está uma bonita foto do mês seguinte!

numeração 4E pronto, mais um bocadinho de informação inútil divulgada pelo verdebranco! Mas para os amantes de camisolas, é giro saber :)

Datação e identificação de camisolas do Sporting dos anos 1970

A datação e identificação de camisolas antigas é problemática, é difícil. Na maioria das fotos vê-se as camisolas pela frente, ora muitas vezes as diferenças são na parte de trás, por ex. no número de jogoador. Andei a ver 11 anos de Jornal Sporting, página por página, para re-escrever este artigo de cima a baixo. Agora ficou mais perto da realidade!

http://www.verdebranco.net/Sporting_Clube_de_Portugal/camisolas-do-Sporting-antigas.html

Valentine

Sporting valentine - Dia dos namorados Sporting Clube de Portugal. Coração feito de emblemas do Sporting

Sporting valentine – Dia dos namorados do Sporting Clube de Portugal. Coração feito de emblemas do Sporting!

E fica aqui a informação: esta imagem, que anda muito pela net, foi copiada e recopiada e até há vídeos com ela, fui eu quem a fiz, e foi aqui neste post deste blogue que apareceu pela primeira vez.

Mas é mesmo para ser partilhada e repartilhada, por todos aqueles que cantam “e o Sporting é o nosso grande amor” e “O mundo sabe que pelo teu amor eu sou doente. Farei o meu melhor para te ver sempre na frente. Irei onde o coração me levar e sem receio, farei o que puder pelo meu Sporting.”.