Category Archives: Competições

Slimani e Chuta-Chuta

Aqui estão duas camisolas sensacionais, de 2015/16: uma do Slimani, do jogo contra o Porto de janeiro de 2016. O patrocínio NOS tal como está aqui só foi usado nesse jogo. A outra é do Bruno César, e é a camisola alternativa. Fantásticas!

Ambas são do meu amigo Paulo José, que para além de grande colecionador e apreciador de camisolas, é benfiquista. Visitámos juntos o Museu do Sporting, e um dia vamos ver o Museu Cosme Damião, haja tempo!

Ele mostra a coleção no seu site Amor à Camisola, tem muitas camisolas de guarda-redes incluindo do Rui Patrício, mas realmente, é uma coleção tão diversificada que só mostra que primeiro vem o desporto, a estética, e o amor que os colecionadores têm por estas peças, e só depois o clubismo (que todos temos, claro).

Habemus maçã

Pois. Esse mesmo. O que saiu insultando o Clube, ou que foi escorraçado de Alvalade, consoante a versão que ouvirem. Vendo que foi o nosso querido presidente JEB a tratar do assunto, já não sei quem tem razão. Em qualquer dos casos, aqui fica, uma camisola de jogo do Sporting Clube de Portugal, com o Leão Rompante ao peito, no lugar por cima do coração. É pena estar em mau estado. Isso do nome nas costas, pouco importa. O Clube está sempre acima de quem o momentaneamente o representa!

Top 5 – outras camisolas do Sporting

Continuo com os Top 5 de 2014 na colecção verdebranco. Estamos quase a chegar às camisolas de jogo da equipa sénior, mas antes vou mostrar o Top 5 de outras camisolas do Sporting. Basicamente, modalidades e formação, mas tenho mesmo que meter um sample porque é espectacular.

A melhor de todas nesta categoria, e das melhores da colecção, é do 1º ano do Adrien Silva no Sporting, iniciado em 2003

1. Camisola do Adrien Silva nos Iniciados em 2003

2. Camisola alternativa de Marisa David, jogadora de basquetebol

3. Camisola Stromp de mangas compridas de Bruno Caires, 2001/02 B

4. Camisola alternativa do Hóquei em patins, 2013/14

5. Stromp de 2012/13 – sample não produzido